+

Histórico

O curso de enfermagem foi criado em 09 de maio de 1979, através da Resolução n. 02/79 do COU, após estudos de diagnóstico de viabilidade, tanto em nível regional quanto em termos das condições  internas da Instituição.

Como terceiro curso de graduação de Universidade Pública, autorizado pelo Estado do Paraná, sua inserção se deu em uma macro-região de 118 municípios e numa Regional de Saúde com 30 municípios. Na ocasião, o Curso de Enfermagem contava com 12 docentes, em sua grande maioria, graduados ou especialistas, mas com forte inserção nos serviços de saúde.

O curso foi alocado no Departamento de Farmácia até 1983, passando a ser Departamento de Enfermagem (DEN) em 1984. A estrutura curricular foi aprovada em 22 de maio de 1981, através do Ato Executivo n. 012/81 - GRE. O curso foi reconhecido pela Portaria n. 171-MEC, de 16 de março de 1987, sendo que a Lei que regula a profissão é a Lei n. 7498/86 - Lei do Exercício Profissional de 25.06.86.

Atualmente o curso conta com 42 docentes, destes 35 efetivos (33 doutores e 2 mestres) e  sete docentes temporários (4 doutores e 3 mestres).

 

Especialidades Reconhecidas pelo Conselho Federal de Enfermagem (CFE)  - Resolução Nº 581,  de 11 de julho de 2018.

As linhas de atuação que agrupam as especialidades do Enfermeiro estão distribuídas em 3 (três) grandes áreas:

Área I:

  • SAÚDE COLETIVA;
  • SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE;
  • SAÚDE DO ADULTO (SAÚDE DO HOMEM E SAÚDE DA MULHER);
  • SAÚDE DO IDOSO;
  • URGÊNCIA E EMERGÊNCIA. 

 

Área II:

  • GESTÃO.

 

Área III:

  • ENSINO E PESQUISA.